Moletom: um novo tipo de malha nos produtos NCC Ecobrands

Moletom: um novo tipo de malha nos produtos NCC Ecobrands

A palavra moletom surgiu do francês molleton. A malha é usada na confecção de roupas, geralmente usadas no Inverno. O moletom surgiu nas peças do grupo Natural Cotton Color – NCC Ecobrands a partir da coleção 2015, graças à demanda de clientes que queriam opções de peças com este tecido.

Francisca Vieira, estilista do grupo Natural Cotton Color – NCC Ecobrands, desenvolveu o moletom em parceria com a empresa Unitextil, também da Paraíba. Para obter o resultado, misturaram os fios marrom e de tom bege. Desta mescla obtiveram o moletom felpado e o moletom cardado.

“O nosso moletom é uma malha macia feito em algodão colorido orgânico.  ‘Ele traz  a cara e o toque macio do Inverno’ para os produtos NCC Ecobrands”, comenta Francisca.

As primeiras peças feitas de moletom foram enviadas em agosto para a Arábia Saudita. O primeiro pedido de vestidos de moletom foi realizado em maio de 2015, por uma cliente de Riade, capital da Arábia da Saudita, durante o 6º Salão +B de Negócios de Moda e Conteúdo Criativo, em São Paulo.

Além de vestidos, a coleção de roupas de moletom têm blusas e calças. A oferta do moletom como malha de algodão colorido orgânico é uma das principais novidades do grupo NCC Ecobrands na próxima Première Vision Paris,  na França, edição de Inverno, de 15 a 17 de setembro de 2015. O salão reúne a melhor oferta em tecidos e acessórios têxteis para a cadeia têxtil-moda.

Criatividade nos detalhes das peças de moletom

Os vestidos de moletom da coleção Inverno 2015 NCC Ecobrands têm palas feitas em festonê, uma das técnicas de trama manual provenientes do macramê. Para realizar os nós com os dedos foram utilizados os mesmos fios usados para a produção da malha moletom de algodão colorido orgânico.

Antes de produzir as palas em Festonê para os vestidos os fios são retorcidos em uma retorcedeira um equipamento  desenvolvido pelo artesão —-. Desta forma, tornam-se mais adequados para o procedimento artesanal. O processo textil conhecido como torção dos fios é realizado na cidade de Gurinhém, no Agreste da Paraiba.

  • ref: 1504
  • ref: 1504
  • ref: 1502
  • ref: 1502
  • ref: 1501
  • ref: 1501
  • ref: 1507 / 1508

 

RelatedPost

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *